terça-feira, 2 de julho de 2013

Amor

Talvez 'amor' não seja o que a gente tem. Talvez eu tenha projetado em você uma esperança que não convém.  Quem sabe já não posso ser aquilo que você pretendia, aquilo que você pensava ser o amor da sua vida. 

Não sou eu. Não sou nada perfeita, sou uma zona, uma bêbada. Vou te dar trabalho e vamos dar risada. Porque sou muito feliz com você, e porque sem você talvez não tenha tanta graça, mas não sei se você também acha. 

Vou cuidar de você sempre que precisar, sem reclamar, e vou te sacanear nas ressacas, nas furadas que você me enfiar. Porque eu acho que amor é isso, tudo isso - e você que ainda não sabe.

Mas se me deixar, eu te mostro.

Um comentário:

Cleiton disse...

isso é parte felicidadeeeeeeeeeee! :-)

Postar um comentário