terça-feira, 25 de novembro de 2008

Poesia

A verdade é que eu sentia
É, eu sabia
Que te perdia
Acho que te via
Escorregando das minhas mãos
E as palavras
Também escorregadas
Iam-me saindo
Sendo cuspidas
Eu te cuspia da minha vida
Com consciência
Apesar de medo
De te ver indo embora sem olhar pra trás
De te ver indo embora
Sabendo que não voltava mais
Você já tinha me avisado
E eu via
Todo o sofrimento
Que eu mesma me causava
E eu via
Todo o futuro melhor
Que eu mesma plantava
Te mandando embora
Mesmo que sem conciência

Eu queria tanto te ter pra sempre
Eu sabia tanto que não teria
Porque não dava
Porque no fundo, no fundo
A gente não combinava
E eu sabia
Mas não falava
E você falava
Mas não sabia
Que era tão sério assim
Que causaria um adeus
Que seria por isso o nosso fim

E aí foi
Foi aí que você se foi
E eu fiquei
Ou eu que fui e você ficou
Minhas impressões variam a cada dia
Minhas certezas oscilam a cada poesia
Só sei que fomos pra longe
Um do outro
Talvez ambos ainda nos saudamos
Talvez essa saudade doa
Talvez não
Uma música que faça lembrar
Uma ligação

É tanta coisa que eu tenho
De quando eu te tinha
É tanta mágoa que ficou
Tanta hipocrisia
Que por mais palavras
Por mais rimas
O que eu realmente queria
Nem é mais te ter
Eu queria só saber
Que te olhando, assim, normal
Meu coração não dispararia
Como a bateria do Salgueiro no carnaval.

Nina Lessa
24/11/2008 às 16:39

4 comentários:

Talles disse...

Meu,como sempre...Matou a pau!!!
Como pode alguém tocar tão lá no fundo?
Usar tão bem as palavras...
Ser mais do que palavras...

Aff...por isso que te amoooooooo, mais do que a Clarice!rsrsrs

E desejo sim, que passe, e bata forte por outras coisas, outros amores,outra vida! =D

Anônimo disse...

quase posso sentir.

tibério

mari veloso disse...

Olá, Nina! olha eu por aqui... so pra dizer que o texto esta divino como sempre! to esperando o proximo =)
valeu por ter me respondido o e-mail. beeeeijo linda.

karina disse...

eh inacreditavel como suas palavra,m passam d euma forma tao verdadeira e viva...q eu chego a criar imagendo enquanto leio...
ameiii....

bjokas kerida =)

Postar um comentário