domingo, 21 de setembro de 2008

Devaneios e pedidos

Eu tô completamente apaixonada por você. Não sei dizer desde quando, nem como, só sei que eu tô. Só pode ser, ou por que eu ficaria tão nervosa só de pensar que você pode estar em algum lugar e eu também? Meu coração dispara, parece que vai sair pela boca. Eu não consigo nem te cumprimentar. Você já percebeu? Acho que já. Evito te olhar pra que você não perceba meu nervosismo, minha tremedeira. Me sinto como se tivesse 15 anos, apaixonada pela primeira vez. Fico pensando o que você acha de mim, e com medo de falar alguma besteira, eu simplesmente não falo nada. Você já deve ter percebido pelas poucas vezes que eu tomei coragem e falei qualquer coisa com você. Gaguejo, falo um monte de coisa nada a ver com nada, nem parece que sou praticamente uma jornalista formada, que fala em rádio e grava programa pra televisão. É como eu disse, voltei a ter 15 anos, a ficar escondida atrás da pilastra do pátio do colégio pra te ver passar, sempre de longe. Fico sonhando com as coisas que eu queria te dizer, com todas que eu imagino você me falar. Porque você também me evita. Não sei se é porque não gosta muito de mim, ou se, como eu, gosta tanto que tem medo. E como você, eu também não sei dizer medo de quê. De perder uma amizade que nunca tivemos? De ficar um clima ruim, mesmo não nos vendo nunca, e morando tão perto? Medo que eu te magoe, te faça sofrer ou nem corresponda o que você sente? Ai, como eu queria coragem, só um pouco de coragem, pra chegar perto de você sem tremer por nervoso, mas por ansiedade, que meu coração não bata forte por medo, nem que minhas mãos tremam de agonia. Coragem pra te dizer que, se você gosta de mim também, relaxa e me conta, porque a reciprocidade é verdadeira. Vê se perde o medo antes de mim...

3 comentários:

rodrigo disse...

Nada como um novo amor. Agora vc pode cantar com a Ana Carolina,
" Outro tempo começou, pra mim agora..."
Sorte, Nina

Nando disse...

Estar apaixonado

Pisar no buraco,
Chutar uma pedra,
Assustar com a buzina,
Perder o ponto,
Comprar uma balinha,
Embaçar a lente do óculos,
Parar na loja de presentes,
Comer chocolate,
Ser tímido,
Gelar os dedos,
Ficar envergonhado.


Estar apaixonado

Olhar a tv
Sorrir pra vc
...

Vi teu texto e lembrei dessa poesia que comecei a uns 2 anos atrás e não terminei. Acho que desapaixonei e esqueci dela... hahahaha Aproveita e termina pra mim, por favor? hahahahahaha

Mas eu concordo com vc. E eu gosto quando me sinto assim. Aproveite!!!!

karina disse...

garota toma coragem.... va em frente.. nao perca tempo pois ele eh precioso... as vezes nos temos q toamr atitudes!!!
to torcendo por vc.

Obs: nando amei o poemaa!!rsrsrs eh perfeito...


bjks ninaa

Postar um comentário