quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

De vez em quando

De vez em quando a gente se ferra
Com as lições que a vida vem dar
De vez em quando a gente aprende
De vez em quando não quer nem pensar

De vez em quando a gente tomar um pé na bunda
Nas outras vezes, é a gente que dá
De vez em quando chora por besteira
De vez em quando nem dá vontade de chorar

De vez em quando a gente inventa problema
De vez em quando a gente evita
De vez em quando a gente vai embora de vez
De lugares que não deveria
Mas a gente cede a vez, e se retira

De vez em quando a gente se apaixona
Às vezes dá certo, às vezes não
De vez em quando a gente tenta gostar
E sempre percebe que não adianta forçar

De vez em quando se apaixonar é recíproco
Mas de vez em quando não é
De vez em quando vira amor de verdade
De vez em quando fica só a saudade

E ainda bem que tudo isso
É só de vez em quando...

2 comentários:

Isa. disse...

Nossa... me identifiquei com cada estrofe! Amei!!! :))

Cleiton disse...

Bonito texto...
De vez enquando as coisas parecem fáceis, até o momento em que você se vê sem saída. :-)

Postar um comentário