terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Tem Dia

Tem dia que a gente está cansado e não quer mais saber. Passa direto e nem olha pro lado; finge que não viu o retrato nem pensou em você.

Tem dia que o coração está particularmente mais machucado. Então o telefone toca e a gente se poupa de mais; não atende nem retorna, deixando mais essa dor pra trás.

Tem dia que a gente acorda com mais esperança, e pensa que um dia, quem sabe um dia, as coisas não podem mudar? É quando a gente manda uma mensagem, no Facebook ou no Whatsapp.

Tem dia que a gente não liga muito, que ouve mais os conselhos de quem diz "é não ligando que ligam pra gente". É nesses dias que não olhamos pro lado, só pra frente.

Tem dia que parece que não vai passar. É dia de ouvir pagode, de achar sentido em sertanejo pop e talvez, chorar. Nada que um tempo não faça passar.

Tem dia que a gente admite que não tem mesmo muito o que fazer. Aí a gente vai viajar, vai malhar, ou até mesmo vai pro bar beber. Ou nenhum deles - a gente vem e começa a escrever.

Nina Lessa

Um comentário:

Maria Elisa Lima de Souza disse...

"quando você lê aquelas palavras e jura que o texto foi escrito pra você"
a cada dia mais fã!

bj, Maria (:

Postar um comentário