quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Amor é

Amor é você me acordar mal humorado quando o despertador toca muito antes da sua hora, só porque eu tenho que levantar mais cedo que você. Amor é eu saber de cor pra poder pegar todos os salgadinhos que sua mãe pede, só porque vale a pena o sorriso no rosto dela. Amor é eu ainda saber de você.  

Amor é você odiar meu time, eu odiar o seu e ainda assim a gente se amar mais que tudo isso, mesmo que a gente minta e finja que está feliz um pelo outro. Não ficamos felizes, o futebol nos separa, mas sou sua alma gêmea e você é a minha. A gente sabe que isso não mudou, mesmo depois de anos.

Amor é a gente viver, seguir em frente e ser feliz, mas saber que o buraco ainda tá ali, aberto, porque está faltando alguma coisa. A gente ainda está esperando o outro voltar, por isso não fechou. A gente nem tentou encontrar aquilo que pudesse nos completar porque sabe que já (se) achou.

Amor é o suar das mãos só pelo possível encontro. Amor é nem ver as fotos que é pra não sofrer mais. Amor é não ver, não ler, digitar e, mesmo bêbado, não mandar, porque o coração sabe que vai doer na manhã seguinte, mais do que qualquer ressaca. Amor é ser tão diferente, tão igual, tão nós dois.

Amor é a gente.

2 comentários:

Cleiton disse...


Quanta inspiração hem! Muito bonito.:-)

Anônimo disse...

Amor é: quando vc sorri e seus olhos ficam igual de japonesinha.

Postar um comentário