terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Poesia Sem Título (2005)


E quer saber?
Tô ligada
Tu já se desligou de mim faz é tempo
E todo mundo nega
Fica dizendo
Que não
Que nada!
Ele te ama
Tá na cara
Caras-de-pau, vocês
Eu que sei
Eu que sinto
Tô vendo
Não sou babaca
Ou sou
Nem sei
Mas chega de tapa
Na minha fuça
Que quem procura
Acha
E já acho demais
Pra encontrar o que eu não quero
E quer saber
Se tu me ligasse agora
Eu mandava todo mundo embora
Fechava a porta
E quer saber?
Trocava todo esse orgulho
Por você.

Nina Lessa

Um comentário:

Cleiton disse...

Para o nosso bem, sendo ele banal, façamos valer a pena jogando fora um orgulho besta.

Postar um comentário